8 formas de deixar sua casa mais segura no dia a dia

“Lar doce lar”, “não há nada melhor que o nosso lar” são frases que você provavelmente já disse ou já ouvir alguém falar. A nossa casa é um bem precioso, ela nos abriga, guarda nossos pertences, é o nosso alicerce, nossa referência, não é mesmo? Contudo, quem trabalha fora, passa muitas horas longe de casa. Em outras situações precisamos sair ou até mesmo viajar e ela fica sozinha. A nossa expectativa é que a gente volte e a encontre do mesmo jeito que a deixamos.

Entretanto, o Brasil é o terceiro país com mais roubos na América Latina, segundo relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Assaltos a domicílios são cada vez mais frequentes no país, assustando moradores de várias cidades. No estado de São Paulo, por exemplo, na cidade de Leme, em um ano houve um aumento de 68% no número de roubo a casas.

Sabemos desses números alarmantes e dos perigos que podem rondar as nossas casas, imóveis e empresas. Por isso, iremos trazer para você nesse artigo, 8 formas de deixar sua casa mais segura no dia a dia. Acompanhe com a gente e deixe sua casa mais protegida!

1.Trancas e travas de segurança

Invista em trancas e travas mais eficientes e seguras. Tetra-chaves, cadeados, trincas em janelas e portas pode ajudar a dificultar e a evitar a entrada de ladrões. Lembre-se sempre quando sair de casa e deixá-la vazia, de trancar todas as portas, janelas, saídas e portões. Uma única porta ou janela aberta pode facilitar uma entrada indesejada.

2. Cuidado ao abrir portas e ao entrar na garagem

Alguns casos de assaltos acontecem devido a entrada do ladrão pela porta da frente. Muitas vezes disfarçados de prestadores de serviços, entregadores ou agentes dos correios eles batem à sua porta e entram com a sua permissão. Então, antes de abrir, certifique-se de que é a pessoa que você estava aguardando ou mesmo que não há nada suspeito. Caso contrário, não abra a porta.

Existem casos de assaltos também, em que o ladrão entra sorrateiramente pelo portão da garagem. No momento em que a pessoa está entrando com o carro, ele se aproveita e entra também. Depois, rende o dono do carro e exige que ele o leve ao apartamento ou para o interior da casa. Por isso, muito cuidado e muita atenção.

3. Coloque alarmes na casa

Os alarmes são excelentes mecanismos para inibir, espantar e até mesmo avisar a presença de ladrões e/ou estranhos. Qualquer fator que dificulte o roubo, é bem-vindo para assegurar sua casa. Lembre-se sempre de ligá-lo antes de sair de casa e de desativá-lo antes de entrar. Seja para casas, apartamentos, lojas ou escritórios esses dispositivos funcionam muito bem.

4. Invista em câmeras e equipamentos de vigilância

Outro excelente mecanismo de proteção para a sua casa é um bom sistema de câmeras. De preferência se o sistema estiver integrado a alarmes e se você tiver acesso remoto. As câmeras também inibem os assaltantes e ainda são úteis para identificar os suspeitos, caso eles invadam ou mesmo para verificar tentativas de entrada. E até mesmo para registrar a presença de pessoas estranhas na redondeza ou dentro do imóvel.

Atualmente, existem câmeras muito modernas que filmam com pouca ou nenhuma luminosidade, que se conectam a celulares e dispositivos móveis, que podem ser acessadas pela internet e que captam sons e imagens em alta definição. O investimento pode ser alto, mas o benefício é grande.

5. Tenha cães de guarda

Os cães além de serem amigos e companheiros são excelentes protetores do território de seus donos. Eles inibem e amedrontam estranhos e ladrões. Afinal, eles dificultam a entrada de invasores e oferecem perigo aos mesmos.

6. Conte com a vizinhança

Os vizinhos podem ser verdadeiros aliados na proteção da sua casa no dia a dia. Mantenha boas relações com eles, peça que ele avise se perceber algo estranho, algum barulho diferente ou alguma movimentação esquisita. E retribua a gentileza, faça o mesmo por ele. Em muitos bairros, já existe a rede de vizinhos amigos que se ajudam e se protegem.

7. Cuide do jardim e de áreas externas

Os jardins e as áreas externas são locais estratégicos para a observação dos ladrões. Eles ficam de olho em objetos que possam ser atrativos como: adornos, moveis, aparelhos eletrônicos. Portanto, se possível, evite deixar objetos muito chamativos e que possam despertar o desejo dos ladrões.  

Outro cuidado que este local exige é com a aparência. Cuide do local para que ele não pareça abandonado. O descuido com o jardim ou com a área externa pode aparentar que a casa está vazia, sendo assim, convidativo para os ladrões tentarem entrar.

8. Viagens prolongadas

Se você for viajar com por um longo tempo e a casa for ficar sozinha, deixe a chave com alguém de confiança e peça que a pessoa vá lá de vez em quando. Pode ser um parente, um amigo ou até mesmo um vizinho. O importante é que essa pessoa abra a casa, as portas as janelas, acenda as luzes, permaneça lá por um tempo. Isso dará a impressão que a casa está cheia e movimentada, inibindo assim, os ladrões.

Conclusão

A nossa casa é algo muito importante para nós e por isso deve ser protegida. Infelizmente, os casos de assalto no Brasil crescem assustadoramente e a segurança pública não consegue combater com a eficiência desejada os ladrões. Assim, a segurança de nosso lar acaba ficando em nossas mãos mesmo. No dia a dia temos que tomar uma serie de precauções e cuidados para garantir a nossa própria segurança. Desde trancas a alarmes e câmeras há muito que pode ser feito.

Além de assaltos e roubos, existem outras situações que podem colocar nossa casa em risco. Incêndios, raios, desmoronamentos, inundações são alguns exemplos. E para esses e outros perigos o melhor mesmo é contar com um seguro amplo e abrangente que cuide do nosso tão precioso lar. A Vertex possui a melhor opção de seguro para você e para sua residência. Então, que tal conhecer agora mesmo? Entre em contato conosco. Será um prazer lhe atender e lhe ajudar a tornar o seu lar mais seguro.

Este artigo foi escrito por Vertex Seguros

31 3280-7000

[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d